A poeira das coisas

Tantas vezes me relacionei com pessoas invisíveis, inexistentes. Criei várias delas e não soube lidar depois. É difícil não idealizar cada momento futuro, cada passo a ser dado. É terrível forçar-se a não criar expectativas sobre coisas, acontecimentos e pessoas. E nos dizem a todo o tempo que não podemos, de fato, cair nessa “armadilha”.

O fato é que fazemos tudo isso, mesmo crendo que não, mesmo com incisivos momentos de autocontrole extremo disfarçado de autoconhecimento. As situações nos exigem a força que por vezes nem existe. E tudo bem não tê-la da maneira esperada ou no tempo exigido. Pode-se construí-la ou deixar que o tempo resolva. Difícil é acreditar que isso é possível e conseguir caminhar essa trilha.

É perigoso não se olhar com honestidade. Por mais difícil e dolorido que seja, nossas fragilidades, defeitos e traumas não devem ser postos embaixo dos tapetes da vida. Complexo é na prática.

A vontade é isolar-se. Às vezes possível e saudável. Conseguir, também, ficar somente com nossa companhia, é meio caminho andado. Deixar que raiva, tristeza, mágoa, emerjam.

Lidar com seus demônios é necessário, tenha certeza. Repito isso ao espelho quase que diariamente. A formatação social padrão não me contempla faz muito tempo, seja ela qual for. E quando me vejo careta, com valores considerados ultrapassados pela minha geração, sofro novamente. Prefiro silenciar, tantas vezes, em determinados debates, por saber que não vou receber em troca o melhor tratamento. Eis mais um medo.

O problema é que silêncio torna-se sintoma. E, uma vez mais, sou forçada pelo meu psiquismo a lidar com as causas.

Cansaço social, esse fiel companheiro que volta e meia me visita e me força a limpar a poeira das coisas, situações e pessoas. Cruel, porém, com razão de existir.

Anúncios
Padrão

Um comentário sobre “A poeira das coisas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s